• Talita Alves

NEWS ARQ&SAÚDE | 23 DE FEVEREIRO DE 2021

Atualizado: Fev 23



Infraestrutura Hospitalar e os riscos à saúde humana

A arquitetura hospitalar é uma área dentro da arquitetura para a saúde que estuda

exclusivamente o projeto e a estrutura física de estabelecimentos assistenciais de

saúde.


Quando estudamos Arquitetura Hospitalar abordamos assuntos como os macro e

micro fluxos, materiais de acabamento, infraestrutura hospitalar, equipamentos, neurociência aplicada a arquitetura e uma série de outros conhecimentos que nos

ajudam a criar um edifício com o objetivo de facilitar e melhorar os fluxos de trabalho,

evitando a contaminação e aumentando a segurança do paciente e da equipe multiprofissional.


No entanto, o trabalho da Arquitetura Hospitalar não termina com a entrega da obra.

Um projeto e uma obra bem feita precisa ser de fácil manutenção. No que tange ao

arquiteto e ao profissional da construção civil que atua em estabelecimentos assistências de saúde a falta de manutenção destes estabelecimentos pode ser um

risco a vida tanto do paciente quanto da equipe multiprofissional que atua neste local.


No dia 20/02/2021 uma paciente, Lorena Muniz, mulher trans de 25 anos, morreu após ser abandonada inconsciente na mesa cirúrgica quando ocorreu um incêndio após uma pane elétrica no ar condicionado da clínica onde ela realizava um procedimento cirúrgico estético.


Houveram vários erros de procedimentos da equipe médica, mas nada disso teria

acontecido se as manutenções do ar condicionado tivessem sido realizadas

adequadamente.


É bom lembrar que a nossa preocupação não deve se limitar somente à projetos

hospitalares, mas em projetos de todos os tipos de estabelecimentos para a saúde,

desde uma drogaria, uma indústria, um restaurante e vários outros, sempre observando que nosso objetivo máximo é evitar qualquer risco aos usuários e ao meio

ambiente.


Para saber mais sobre o acontecido na clínica e suas consequências acesse o link:

https://www.cartacapital.com.br/diversidade/morre-mulher-trans-que-foi-abandonada-inconsciente-em-clinica-de-estetica/

“Fala Amanda” é um artigo de opinião onde semanalmente emito minha opinião sobre

um assunto que envolve Arquitetura, Saúde e Vigilância Sanitária.









Madeira transparente, mais forte e mais leve que o vidro

Foto: Divulgação


Um estudo da Universidade de Maryland descobriu como tornar a madeira

transparente. Foi descoberto um novo processo que os pesquisadores acreditam ser

melhor que o processo antigo.


A madeira transparente vem sendo considerada como uma opção no mercado de

Construção Civil por ser um material bem mais resistente que o vidro. No entanto o

processo de produção anterior era considerado inviável para produção de escala em

uso comercial.


No novo estudo foi encontrada uma maneira de produção que tornou a madeira

transparente 50 vezes mais resistente que a produzida com o método anterior. A

madeira produzida permitiu ainda 90% da passagem de luz oferecendo ainda maior

isolamento, sendo mais forte e leve que a anterior.


Para saber mais sobre a madeira transparente acesse o site:

https://engenhariae.com.br/editorial/ciencia/novo-estudo-torna-a-madeira-transparente-mais-forte-e-mais-leve-que-o-vidro









Quer saber onde encontrar estudos confiáveis sobre o Covid-19?

O Núcleo de Inteligência Einstein divulga desde março de 2021 analisa criticamente

publicações científicas sobre o Covid 19.


São analisados, interpretados e divulgadas informações para o público geral, com uma

visão ampla de artigos sobre segurança do paciente e da equipe multiprofissional,

métodos diagnósticos, ensaios clínicos com medicamentos e resultados de estudos

pré-clínicos, oferecendo esclarecimentos de forma clara e simples à população.


Para ter acesso ao Núcleo e seus artigos acesse o site:

https://www.einstein.br/nucleo-inteligencia-einstein?utm_source=blog&utm_medium=link&utm_campaign=-_-_nucleodeinteligenciaeinstein_20200626-_-&utm_content=-





O Ministério da Saúde divulgou um cronograma para entrega de 230,7 milhões de doses da Vacina contra o Covid-19 até julho.

O cronograma apresentado pelo Ministério da Saúde leva em consideração tanto as

vacinas da AstraZeneca/ Fiocruz, quanto as vacinas da Sinovac/Butantan além das

negociações com outros laboratórios, totalizando até julho de 2021 a distribuição de

230,7 milhões de doses para a população brasileira.


Para acessar o cronograma apresentado acesse o site do Ministério da Saúde:

https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/pazuello-apresenta-cronograma-para-entregar-230-7-milhoes-de-doses-de-vacinas-contra-a-covid-19-ate-julho





Resíduos hospitalares e o tratamento destes dentro de unidades de saúde

Os resíduos infectantes dentro dos estabelecimentos para a saúde aumentaram muito

em volume após a pandemia de Covid-19.


O Jornal do Almoço da regional de Porto Alegre fez uma reportagem bem interessante

falando sobre o aumento do volume de resíduos e sobre o tratamento de alguns

destes resíduos hospitalares.


Para assistir a reportagem acesse o seguinte link:

https://globoplay.globo.com/v/9279931/







2 lives no Instagram essa semana

Essa semana teremos 2 lives: Live Tira-dúvidas e live com a Arquiteta Kátia Fugazza.

As lives acontecem sempre as 19 horas.


Na live de terça feira (23/02) falaremos sobre “5 erros que reprovam seu projeto na

Vigilância Sanitária”. São informações valiosas para você ter seu projeto aprovado

de primeira na Vigilância Sanitária.


Já na quinta-feira (25/02), a arquiteta Kátia Fugazza fala comigo sobre “O poder do

vento nas Edificações de Saúde” onde ela vai falar sobre a importância do conforto

ambiental nas Edificações de Saúde.



E se você quiser fazer perguntas, sempre antes da live eu deixo uma caixinha aberta

lá nos meus stories onde você pode deixar sua dúvida.


LIVE SEMANAL: 5 erros que reprovam seu projeto na Vigilância Sanitária Data: 23/02/2021 – 19h Instagram:@maral.arq (https://www.instagram.com/maral.arq/)
Live com Kátia Fugazza: O poder do vento nas edificações de saúde Data: 25/02/2021 – 19h Instagram:@maral.arq (https://www.instagram.com/maral.arq/)